sexta-feira, 29 de abril de 2016

Poeta Zanny Adairalba faz sessão de autógrafos do livro infantil Poesia Zinha

Gente leitora!


A escritora Zanny Adairalba, uma das articuladoras do coletivo Caimbé, esteve na manhã desta sexta (29/04) no colégio Claretiano fazendo uma sessão de autógrafos do livro infantil Poesia Zinha, escrito por ela e ilustrado por Edgar Borges Bisneto.



O livro será lido e trabalhado com os alunos do 3º ano B do Claretiano.

Caso lhes interesse, a obra pode ser encomendada pela fan page da Editora MaricotaCartonera.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Contabilidades amorosas do Sarau da Lona Poética



Nos 11 saraus que fizemos entre novembro de 2015 até abril de 2016 com o apoio do Ministério da Cultura contabilizamos os seguintes convidados: 21 poetas e declamadores, 11 músicos e 26 artistas visuais e fotógrafos.

Eternos agradecimentos a este povo que aceitou nossos convites:

21 Poetas e declamadores:
Rodrigo Mebs, Sulivan Barros, Hander Frank, Tallon Almeida, Carol Alcoforado, Felipe Thiago, Marcelo Perez, Devair Fiorotti, Elimacuxi, Sony Ferseck, Anderson Souza, Marisa Bezerra, Brendo Vieira, Aldenor Pimentel, Vânia Coelho, Zanny Adairalba,   Claudia Íris, Tony Andrey, Paulo Henrique Braga, Claudio Isaias da Silva Junior e Eduardo Campos.

11 Músicos:
JJ Vilela, Paulo Segundo, Evilene Paixão, Big  Berg, 7Niggaz, Claudio Moura, Timóteo Camargo, Graziela Camargo, Avinash Jonathan,  Mike Guy-bras e Viover.

26 Artistas visuais e fotógrafos:
Claudia Caroline Pereira de Oliveira, Georgina Ariane Sarmento, Geovan Almeida Solon, Morgana Forte, Mateus Forte, Dayana Soares, Kayo Soares, Ana Carolina Rocha, Hemanuella Vieira, Leila  Baptaglin, Thayline Silva, Cláudio Barros, Elias Magalhães, Rhafael Porto, Eduardo Briglia, Sulivan Barros, Tafinis Said, Cláudio Barros,  Raphael Michels, Evelly Paat, Guaracy Costa, Kellen Silva, Ellen Apolinário, Elimacuxi, Gê Nova e Mary Jô Borrero.


Isso sem contar a galera linda que aparece sempre para deliciar o povo na hora do microfone aberto.

(Na verdade, foram 12 saraus quando incluímos a atividade na rádio Monte Roraima FM)

Quer ver/ler?

Cada linha é um link: 











terça-feira, 26 de abril de 2016

Mais Cultura nas Escolas: voltamos para a comunidade Ilha, na terra indígena São Marcos

Gente indigenamente linda!

Sábado passado (23/04) retomamos as atividades do projeto Mais Cultura nas Escolas na comunidade indígena Ilha, na terra indígena São Marcos. 


Como esta ação é uma parceria do Ministério da Cultura com o da Educação e havia tido uma demora no repasse para as atividades da segunda etapa, demoramos um pouco para voltar lá. 

No primeiro dia da segunda etapa, o Coletivo Caimbé chegou na comunidade Ilha com uma equipe formada pelos poetas Zanny Adairalba e Edgar Borges, a fotógrafa Lai Dantas e o pequeno ilustrador Edgar Borges Bisneto. 

As ações com as quase 20 crianças que apareceram na escola foram coordenadas pela poeta Zanny, que leu a história do “Tatu-Balão”, de Sonia Barros, monitorou uma sessão de desenhos inspirados no livro e ensaiou cantigas infantis com pequenos macuxis e wapichanas que participaram do encontro. Além disso, Edgar Bisneto recitou poemas para os seus pequenos companheiros. 




















No final, a equipe da escola ofertou um lanchinho para todo mundo e as crianças ainda correram um pouco antes de voltar para suas casas e nós para Boa Vista.

Vamos ficar até setembro fazendo viagens para a comunidade.

Mais fotos estarão sempre disponíveis aqui, em nosso álbum no Facebook.





segunda-feira, 25 de abril de 2016

Coletivo Caimbé falando poesia nas escolas


Gente linda, olha que bacana!

Semana passada estivemos na escola estadual Diva Lima falando poesia para cerca de duzentas crianças. A visita que nossos colegas Edgar Borges e Zanny Adairalba fizeram integrou a semana do livro infantil que a unidade de ensino estava promovendo. 

O convite partiu da professora Helen Feijó, responsável pelas atividades de leitura na escola. 

Gostamos muito da reação das crianças e esperamos voltar outro dia! 

Vejam algumas fotos: 


Poeta Zanny Adairalba


Poeta Edgar Borges

Edgar Borges e Zanny Adairalba com parte da equipe da escola Diva Lima
Abaixo, dois vídeos feitos pela professora Helen com parte das poesias apresentadas pelos poetas Edgar e Zanny:


video

video


quarta-feira, 20 de abril de 2016

E foi bonito o Sarau da Lona Poética na comunidade Canauanin!

Gente lindamente poética!

Se a gente falar que foi lindo o Sarau da Lona Poética na comunidade indígena Canauanin, ali no município Cantá, vai ser pouco. Foi quase mágico, isso sim. E com direito a malocão lindo, goles de caxiri na cuia e parixara para que todos lembrássemos onde estávamos.


Olha que malocão cheio pro sarau



Dança do parixara
 
Rodrigo Mebs e Carol Alcoforado

Caxiri na cuia, parente
 A nossa caravana foi reforçada nesta viagem, com todos pensando em fazer o melhor possível neste que foi a primeira Lona Poética em terras indígenas.

Presta atenção em quantos artistas participaram com sua música, poesia e artes visuais: Rodrigo Mebs, Evilene Paixão, Paulo Segundo, Sulivan Barros, Carol Alcoforado, Claudia Caroline, Georgina Sarmento, Geovan Almeida Solon e JJ Vilela. 

Rodrigo Mebs

Carol Alcoforado
Momento de cantoria conjunta
O pequeno Edgar Borges Bisneto também participou com um poema de Ferreira Gular (recitado em parceria com o Rodrigo).


Isso sem contar os nossos articuladores Edgar Borges e Zanny Adairalba, a fotógrafa Lai Dantas e a assistente de produção Sângela Gabrielle, além do motorista da van que nos levou e o Paul, técnico de som do Sesc, parceiro nesta edição do sarau, assim como o Ministério da Cultura, que selecionou o projeto Saraus Poéticos Caimbé na Bolsa de Fomento à Literatura, garantindo a realização de 11 edições da Lona Poética de novembro de 2015 até este 16 de abril de 2016.
Zanny Adairalba e Edgar Borges entregando livros para ganhadoras de sorteio

Edgar Borges


 A Lona Poética foi realizada no malocão da escola estadual indígena Tuxaua Luis  Cadete, outra parceira desta edição. Chegando lá, encontramos uma exposição de desenhos feitos pelas turmas inicias e outra de ilustrações lindas do estudante Elielson Ribeiro. 

O malocão, que já estava todo decorado com peças tradicionais indígenas, ficou mais lindo ainda com as obras dos convidados Claudia Caroline, Georgina Sarmento e Geovan Almeida. Os três, além de serem estudantes do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Roraima, também são indígenas das etnias Macuxi e Wapichana, o que deixou tudo ainda mais bonito.

Geovan Solon e Georgina Sarmento

Claudia Caroline e Sulivan Barros

Sempre é bom, né?


Elielson Ribeiro, aluno da escola, aprendeu de forma autodidata a desenhar
A parte poética e musical ficou por conta dos poetas Rodrigo Mebs, Sulivan Barros e Carol Alcoforado, os cantores Paulo Segundo e Evilene Paixão e o violonista JJ Vilela. Foi uma festa o negócio...



Paulo Segundo

JJ Vilela

Rodrigo Mebs e Evilene Paixão

Quando abrimos o microfone para a participação do público, tivemos umas das mais ativas plateias dos Saraus da Lona Poética realizados até agora: crianças, jovens e adultos lendo poemas próprios, um deles feito na hora e dedicado ao Sarau; mulheres dançando o parixara; grupo de jovens fazendo coreografia musical; relato da origem do nome da comunidade (era um lugar onde antigamente se produziam muitas canoas que serviam para fazer a travessia pelos igarapés e cruzar o rio Branco em direção a Boa Vista); gente tocando violão e cantando.










Além de tudo isso teve também sorteio de livros de autores regionais, lanchinho dado pela escola no final do sarau e muitas pessoas surpresas por entender o que é um sarau e outras já perguntando quando voltaremos.

Foi bonita demais da conta a manhã que passamos lá na comunidade. Agradecemos a todos os artistas que nos acompanharam nesta edição, agradecemos ao Sesc, ao Ministério da Cultura, à professora Jane Barreto e ao diretor Gledson, agradecemos a todo mundo que torce e colabora para o sucesso de nossas iniciativas.

Professora Jane Barreto

Que venham novos encontros assim, né, gente linda? =)

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Coletivo Caimbé promove sarau em comunidade indígena de Roraima


O próximo sábado (16/04) vai ser de muita poesia, música e artes visuais na comunidade indígena Canauanin, no município do Cantá. É a caravana de artistas do Sarau da Lona Poética que vai chegar na região atravessando o lavrado de Roraima para trazer uma manhã diferente para crianças, jovens e adultos.

Este será o primeiro Sarau da Lona Poética em terras indígenas e o terceiro feito fora de Boa Vista. Em março, houve uma edição em Alto Alegre e no começo deste mês as atividades aconteceram em Iracema.

As atividades vão começar às 9h, no malocão da Escola Estadual Indígena Tuxaua Luiz Cadete. Esta Lona terá como convidados poético-musicais os poetas Rodrigo Mebs e Carol Alcoforado, o cantor Paulo Segundo, o violonista JJ Vilela e o ator Sulivan Barros.



Músico JJ Vilela (Foto: Will Wolf)


Poeta Carol Alcoforado  (Foto Lai Dantas)

Poeta Rodrigo Mebs (Foto: Edgar Borges)

Cantor Paulo Segundo  (Foto Lai Dantas)

Ator Sulivan Barros (Foto:  Arquivo pessoal)


Além deles, os artistas Cláudia Caroline, Georgina Sarmento e Geovan Almeida Solon, morador da comunidade, vão integrar a Lona Poética com uma exposição de desenhos, pinturas e xilogravuras. O trio também vai conversar com o público sobre seus processos de criação.

Artista visual Cláudia Caroline (Foto: Arquivo pessoal)


Artista visual Georgina Sarmento (Foto: Arquivo pessoal)
Artista visual Geovan Almeida Solon (Foto: Arquivo pessoal)

Alunos da escola Tuxaua Luiz Cadete e integrantes da comunidade foram convidados para exporem trabalhos artísticos produzidos em sala de aula e participarem do microfone aberto, quando o público pode cantar, tocar e declamar. Também haverá sorteio de livros de autores roraimenses.



“Temos certeza de que será uma manhã diferente e alegre para os nossos convidados e para a comunidade. Essa integração cultural traz novas vivências para todos os participantes e ajuda a criar laços artísticos entre os artistas urbanos e os da comunidade”, afirma a poeta Zanny Adairalba, uma das responsáveis pelo Sarau da Lona Poética, que é organizado desde 2014 pelo Coletivo Caimbé.

Nesta edição, além da escola Tuxaua Luiz Cadete, o coletivo conta a parceria do Sesc Roraima e do Ministério da Cultura (MinC), que selecionou em 2015, via edital, o projeto Saraus Poéticos Caimbé para receber a Bolsa de Fomento à Literatura.

“Iniciamos em novembro esta parceria com o MinC. Fizemos 11 saraus em diversos pontos de Boa Vista, em Alto Alegre e Iracema, estes dois também em conjunto com o Sesc Roraima; distribuímos livros para os participantes e levamos a poesia e as artes visuais roraimenses para novos públicos. Em Canauanin fechamos o ciclo com o ministério e a partir de maio continuaremos fazendo os nossos saraus normalmente, uma vez por mês”, conta o escritor Edgar Borges, articulador do Coletivo Caimbé.

Escritores Edgar Borges e Zanny Adairalba, articuladores do Coletivo Caimbé  (Foto Lai Dantas)

POESIA POR RORAIMA - O Sarau da Lona Poética é o único evento público deste gênero realizado regularmente no estado de Roraima. Itinerante, é realizado em praças, parques, livrarias e espaços culturais com a intenção de promover a circulação da poesia e outras artes que que se fazem em Roraima.

IMAGENS DO SARAU - Para ver mais fotos e vídeos das edições do sarau, curta a página www.facebook.com/coletivocaimbe ou siga o grupo no perfil www.twitter.com/coletivocaimbe.